→ Curso Método Desoclusão Descomplicada Funciona →(2018)

By | Dezembro 20, 2017
3.1 (61.54%) 13 votes

Tem muita gente querendo saber se o Curso e Método Desoclusão Descomplicada Funciona , se isso é legal, se é realmente verdade,  e se vale mesmo a pena, não só, mas também, alguns estão se perguntando o que é Desoclusão.

E se você acha que isso é apenas para melhorar a posição dos dentes você está enganado, e tome cuidado pois daqui alguns dias você estará vendo vários depoimentos com transformação incrível de pessoal com conheceram esse método e talvez seja tarde demais para você fazer parte!

Neste artigo vou explicar para você primeiramente o que é o Método Desoclusão Descomplicada   e porque você precisa entrar logo.

Melhore a VIDA do seu paciente,  aumente sua SEGURANÇA no diagnóstico e planejamento,  cresça seu FATURAMENTO em 300%  com a DESOCLUSÃO.

O que é Desoclusão?Curso Método Desoclusão

Desoclusão nada mais é do que os movimentos das mandíbulas. Exatamente isso que você ouviu.  Simplesmente é o movimento dos dentes ou das mandíbulas pelo lado esquerdo e direito.

Portanto, existem 7 mitos que você precisa conhecer antes de seguirmos para frente:

7 MITOS sobre DIAGNÓTICO que te impedem de oferecer saúde para o seu paciente e diminuem sua chance de ampliar seu faturamento.

Mito #1 RETRAÇÃO GENGIVAL

a escovação forte causa recessão ou abfração, você justifica esse problema dessa forma? E ele escova forte, só nesse dente? e os dentes ao lado?

O QUE ACONTECE O DENTE PARA ELE SER MAIS SUSCETÍVEL A PROBLEMA PERIODONTAL?

Mito#2 CÁRIE CLASSE II

Écausada por falta do uso do fio dental… mas peraí uma classe II em um dente só… quer dizer então que ele não passa o fio só naquele dente?
O QUE ACONTECE O DENTE PARA ELE SER MAIS SUSCETÍVEL A TER CÁRIE?

Mito #3 COROA QUEBRA

O paciente diz que quebrou comendo banana, e você se estressa com ele…. mas não sabe explicar o que aconteceu realmente, coloca a culpa no “trauma oclusal” ou no bruxismo…
O QUE ACONTECE O DENTE/COROA PARA ELE SER MAIS SUSCETÍVEL A FRATURAR?

Mito#4  PROBLEMA COM O IMPLANTE

O implante x ou y perdeu osso, ou afrouxou o parafuso, ou fraturou o pilar… você justifica que problema é a marca ou a plataforma, ou diz que o problema é “trauma oclusal”… e quando o paciente tem dois implantes da mesma marca e mesma plataforma em lados diferentes, um tem problema e ou outro não, como você justifica isso?
O QUE ACONTECE O IMPLANTE PARA ELE SER MAIS SUSCETÍVEL A TER PROBLEMAS?

Mito#5 RECIDIVA DE ORTO

Você ainda culpa o terceiro molar, dizendo que ele empurrou todos os outros dentes quando nasceu e por isso recidivou a maloclusão, ou ainda, se apoia no 3×3 para “evitar” recidiva…
O QUE ACONTECE OS DENTES PARA ELES SEREM MAIS SUSCETÍVEIS A SE MOVIMENTAR?

Mito#6 ENDO EM DENTE SEM CÁRIE

qual a explicação que você passa para o seu paciente que tem dentes sadios, e que apresentam necrose, sua justificativa é que houve algum “trauma”.
O QUE ACONTECE O DENTE PARA ELE SEREM MAIS SUSCETÍVEL A SE MOVIMENTAR?

Mito#7 DOR E DTM

Um outro mais comum…. é que a desoclusão causa dtm ou dor orofacial crônica e verdadeiramente confie em mim pode parecer mentira, mas a desoclusão não é causa da dor…
O QUE ACONTECE NO APARELHO ESTOMATOGNÁTICO QUE INFLUENCIA NA DOR OROFACIAL?

Veja a aula abaixo dos 7 princípios da DESOCLUSÃO para revolucionar sua prática clínica.

 

Mas espera ai quem criou esse método de  desoclusão descomplicada?

Na verdade quem criou o foi Marcos Laboissiere, ele vai  te ensinar como transformar a vida dos seus pacientes aumentando seu faturamento em até 300% com previsibilidade e segurança, utilizando um método simples, eficaz e descomplicado.

Independente de quanto tempo de formado que você tenha, recém graduado, especialista, mestre, clínico geral, não importa qual especialidade orto, prótese, dentística, endodontia, periodontia, dtm o que vamos falar aqui contribui para todas as áreas.

tudo de forma simples prática, sem firulas utilizando um método eficaz e descomplicado , para que você possa aplicar de forma imediata esses conhecimentos para fechar orçamentos mais altos com segurança e planejar casos complexos seguindo um protocolo simples para transformar sua prática clínica como transformou a minha.

O Marcos Ele é  dentista clínico com formação acadêmica, responsável pelo ILO – Instituto Laboissiere de Odontologia, clínica em Brasília que trabalha com diversas especialidades, e conheço bem os desafios de quem administra uma equipe e ainda precisa atender os pacientes com o objetivo de ter resultados. Casado com minha sócia e parceira Juliana, que me apoia em todos os meus projetos, e com ela tivemos nossas duas filhas Julia e Ana, que são fontes de inspiração para seguirmos neste projeto.

Eu amo a Odontologia e em especial o estudo dos fundamentos da Desoclusão, procuro dedicar minha forma de trabalho pautada em resultados eficazes e com longevidade. Fiz diversos cursos com o foco em diagnóstico, criei dentro da minha clínica o programa de Residência Clínica onde um dos objetivos era gerar conteúdo científico para embasar e qualificar nossas práticas.

Desde que me formei sempre busquei reabilitar, e com a influência do meu pai que é ortodontista, aprendi a enxergar que o diagnóstico vai além dos dentes. Durante meu mestrado desenvolvemos técnicas que integravam a cirurgia com a ortodontia, o que me levou a publicar diversos artigos sobre o assunto. Apesar da minha busca constante em aprimoramento, cursos, congressos e hand’s on, observava que em diversos aspectos havia melhoras técnicas, o que me levava a ter um relativo sucesso, mas sempre existia um percentual, mesmo que pequeno, de casos que eu não conseguia explicar o que estava acontecendo de errado, e torcia para que o paciente me esquecesse e procurasse outra pessoa que talvez pudesse resolver aquela questão.

Sempre buscava os melhores materiais, melhores adesivos, melhores técnicas e equipamentos possíveis, e mesmo assim existiam problemas. Foi quando fui apresentado a filosofia do Diagnóstico da Desoclusão. Quando me escrevi no curso de Plástica Oclusal do Prof. Dr. João Palmieri, não sabia exatamente o que eu estava fazendo ali, fui provocado por ele a me inscrever, já que somos vizinhos e trabalhamos no mesmo prédio. Logo nos primeiros dias do curso percebi que algo acontecia na boca dos meus pacientes, estava bem na minha frente e eu não sabia enxergar. Conhecimento que o próprio Palmieri tinha ido buscar com dois grandes mestres da Oclusão, Dr. Aníbal Alonso e Dr. Gustavo Vernazza.

Desde então comecei a colocar em prática tudo aquilo que aprendi, observando cada sinal ou sintoma relacionado, montando os casos simples e complexos no articulador semi-ajustável para DIAGNÓSTICO. E fazendo planos de tratamentos cada vez mais acertivos. Com isso, estudando, procurando embasamento cientifico e com a minha experiência clínica fui desenvolvendo a minha forma de trabalhar.

Sempre que algum paciente chega para ser tratado, normalmente ele já realizou algum procedimento equivocado com outro cirurgião-dentista, e eu observava que as queixas eram recorrentes e que as falhas cometidas nos tratamentos anteriores poderiam ter sido facilmente evitadas, se fossem aplicados conhecimentos básicos da Desoclusão. Com isso conclui que o paciente sofria, e muitas vezes não por incompetência e sim por deficiência durante a formação do profissional do dentista.

Observando essa deficiência resolvemos criar o ClubD – Desoclusão Descomplicada, para estudarmos juntos esses princípios e assim poder contribuir com o profissional que almeja alcançar mais sucesso, previsibilidade e principalmente tranquilidade no diagnóstico, planejamento e execução. Conseguindo determinar qual a ORIGEM do problema, por onde começar e como vai ficar, antes mesmo de usar o micro-motor.

VEJA A TRANSFORMAÇÃO QUE ACONTECE COM QUE CONHECE O MÉTODO?

Método Desoclusão Descomplicada Funciona

 

Summary
Review Date
Reviewed Item
Método Desoclusão Descomplicada (2017-2018)
Author Rating
51star1star1star1star1star

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *